• Redação GRAPE ESG

Gestoras abraçam pauta ESG e fundos com a temática batem R$ 1 bi no país – 11 de março




Celano, CEO da Schroders Brasil (Schroders/Divulgação)


Fonte: Portal Exame


A onda verde que invadiu a indústria de fundos veio para ficar. Em 2020, os fundos ESG (em português, “Ambiental, Social e de Governança”) alcançaram a marca histórica de 1 trilhão de dólares em patrimônio no mundo. O Brasil não foge à regra, ainda que a escala seja menor.


Os fundos registrados como Ações Sustentabilidade/Governança pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) dobraram de tamanho, chegando a 1 bilhão de reais. Foram 17 novos fundos. É um grande avanço frente aos anos anteriores, já que entre 2015 e 2019 não houve a abertura de nenhum fundo ESG no país.


Leia esta notícia completa e as demais sobre o ESG desta quinta-feira, 11 de março:


Gestoras abraçam pauta ESG e fundos com a temática batem R$ 1 bi no país ESG no setor financeiro: quem é quem Por que o fomento ESG em mobilidade corporativa representa uma oportunidade criativa e inovadora de mudanças sociais Goldman Sachs lança programa de US$ 10 bi para apoiar mulheres negras Recuperação econômica pós-covid está longe de ser "verde", diz ONU A sustentabilidade será o guia dos negócios futuros A sustentabilidade ainda precisa chegar ao espaço *Esta seleção de informações não reflete necessariamente a visão institucional da Grape ESG. Trata-se somente de um clipping de notícias.

The views and opinions expressed in the articles are those of the authors and don’t necessarily represent those of GRAPE ESG and it’s staff.

6 visualizações0 comentário