• Redação GRAPE ESG

O poder de transformar o mundo e os investimentos ESG em infraestrutura – 25 de fevereiro


Fonte: Portal Migalhas


“Você tem o poder de mudar o mundo com os seus investimentos”. A frase concebida pelo J.P.Morgan, um dos maiores bancos de investimentos do globo, acena para uma questão fundamental: seria possível imaginar uma sociedade em que a decisão por um investimento ultrapassasse uma fronteira de cunho meramente econômico e proporcionasse uma efetiva transformação na sociedade, de forma a adicionar, além dos ganhos financeiros, valores como a proteção à sustentabilidade, a diminuição do impacto de desigualdade e a consolidação de um ambiente de negócios ético, norteado por regras claras e íntegras, desprovido de favorecimentos apequenadores?


Ao pensarmos nessa nova lógica de investimentos, muitos poderiam afirmar que estaríamos diante de um pensamento utópico, tal como promovido por George Orwell em sua obra 1984, uma das mais belas produções desse tipo de pensamento. Utopia, nos ensina Clóvis de Barros Filho, é exatamente o nome que se confere a uma construção racional imaginada, que não corresponde a qualquer realidade material. Toda utopia confere uma perspectiva inovadora, transgressora e criativa, implicando certa ruptura com os discursos de autoridade, tendo o propósito de fundar uma nova ordem a partir dessa consciência momentânea.


Leia esta notícia completa e as demais sobre o ESG desta quinta-feira, 25 de fevereiro:

Para uma nova ordem global: O poder de transformar o mundo e os investimentos ESG em infraestrutura


ESG é para valer e veio para ficar


7 em cada 10 empresas já avaliam seus funcionários com base em métricas ESG, diz pesquisa Petrobras e a urgência ESG: um pé no presente e outro no futuro

Quem tem medo de ESG? Expert ESG destaca importância da diversidade e sustentabilidade para mercado financeiro

*Esta seleção de informações não reflete necessariamente a visão institucional da Grape ESG. Trata-se somente de um clipping de notícias.

The views and opinions expressed in the articles are those of the authors and don’t necessarily represent those of GRAPE ESG and it’s staff.

8 visualizações0 comentário